Matemática da escrita - Como dividir seu livro e deixá-lo mais interessante.




Oi pessoas!
Tudo bem com vocês???
Então, hoje eu vim dar uma das dicas mais preciosas que tenho para quem quer escrever um livro de ficção e está com dificuldades.
Como dividir seu livro para que ele fique realmente interessante e atrativo.
Bom, mas antes de mais nada vamos aos créditos né? Essa dica é baseada no livro "Manual do Roteiro" do mestre Syd Field (Quem quiser ler, ele está para vender em tudo quanto é livraria, não é difícil encontrar).

Um dos recursos utilizados para nos prender na leitura de um livro (e a gente nem nota) é uma fórmula matemática de porcentagem. É isso aí minha gente, matemática para escrever livro. Não é o máximo?
Eu sei, você pensou que ia se livrar da boa e velha matéria escolar que sempre te irritava com aquele (-1) que aparecia do nada só para não deixar o X negativo. Mas não, você vai ter que usar sim e quando aprender este recurso vai simplesmente adorar.

Bom, o primeiro passo é o mais difícil. Você tem que definir quantas páginas seu livro terá. Infelizmente nem sempre deixar a mão e a imaginação soltas funciona, então o negócio é definir um número de páginas e focar para mantê-lo. (No início, nas primeiras obras, é mais difícil, depois fica bem mais fácil e você vai tirar de letra).

A segunda parte é a porcentagem. Calma gente eu vou explicar.
Os primeiros 25% do seu livro dizem respeito a apresentação, premissa e conflitos.
O desenvolvimento fica com 50%.
E por fim, a conclusão fica com os últimos 25%.

E como você faz essas divisões?

Ah! É aqui que vem o pulo do gato, você vai usar pontos de virada nessas marcações. Vou explicar o que são pontos de virada com mais detalhes em um próximo post, mas para encurtar e não deixar você perdido: ponto de virada é um acontecimento que vai mudar o rumo da história e fazer o protagonista se mexer para realizar uma tarefa importante ou para buscar a conclusão do conflito da sua história.

Então basicamente você terá dois grandes pontos de virada na sua obra, na marca de 25% (e este vai impelir o protagonista a mergulhar na aventura) e um na marca de 75% que vão empurrar para a conclusão do conflito e desfecho da trama (25% da apresentação e mais 50% do desenvolvimento = 75%).

Gente, de cara parece meio complicado, mas é fácil e você vai ver que ao aplicar esta regrinha aqui sua história vai ficar muito mais envolvente e criar um ritmo super legal para o leitor.

É isso, vamos nessa escrever um livro???



6 comentários:

  1. Muito legal, Graci.
    Hoje eu entendo que todo livro precisa de planejamento, isso faz toda a diferença. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade e isso beneficia não apenas o leitor como também o autor que acaba conseguindo criar uma obra bacana. Obrigada pelo comentário.

      Excluir
  2. Achei bem bacana! Definir o número de paginas é algo bem difícil, mas acho que pode rolar um exercício e os ajustes acontecem durante a escrita. Essas porcentagens ajudam ao escritor escrever uma obra harmônica. Eu vou exercitar isso! Aguardando o próximo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem toda razão quanto mais praticamos mais conseguimos e melhores são os resultados. Obrigada por comentar.

      Excluir

Deixe o seu comentário ele é muito importante pra mim...
Abraços!
Graci Rocha