Filmes: O Abutre

Oi gente,

Hoje vamos falar de um filme que assisti há poucos dias. O filme que mostrou como os atores de Hollywood se transformam para interpretar um papel. Gente, nesse filme o Jake, astro de diversos filmes de ação e comédias românticas, incluindo O Príncipe da Pérsia e Sexo e outras drogas, emagreceu muito. Além disso ele está com uma cara de maluco, rssss.

Mas vamos falar das minhas impressões sobre esse filme. Tenho que dizer que fiquei presa na tela, mal piscava.

A história poderia ser apenas mais uma no meio de tantas que Hollywood despeja todos os anos no cinema, a vida de um homem qualquer que não consegue arranjar um emprego e por isso acaba apelando para qualquer coisa... poderia, mas não é...

É sim a história de um cara que não arranja um emprego que possa lhe dar alguma estabilidade ou plano de carreira, mas é também a história de um homem que tem uma lábia muito grande, e uma personalidade de dar medo. Passei o filme inteiro esperando o momento em que ele se tornaria um serial Killer, o que não aconteceu para minha feliz surpresa.

O filme é muito mais do que isso, é uma trama muito bem elaborada, com um ator que simplesmente transformou o protagonista na personalidade mais interessante e assustadora ao mesmo tempo.

O cara é metódico, tem uma visão meio distorcida das coisas e está sempre na internet em busca de algum conhecimento, alémde parecer alheio aos sentimentos dos outros. Segundo ele mesmo diz no filme, não é que ele não entenda as pessoas, apenas não goste delas... hummm isso dá o que pensar...

No filme o personagem do Jake, o Louis Bloom, está em busca desse emprego formal, promissor, e por não ter muito estudo e não conseguir sequer um estágio, ele rouba fios de cobre e tampas de bueiros, numa noite, voltando para casa depois de NÃO conseguir um emprego, Louis Bloom presencia um acidente e o atendimento dos paramédicos, é aí que ele vê um desses repórteres freelances, o homem fez as imagens do acontecimento e imediatamente ligou para uma emissora de televisão e vendendo as imagens. Imediatamente isso chama sua atenção e ele decide investir nessa carreira. Vende uma bicicleta tirada sabe-se lá de onde e compra um aparelho que escuta o rádio da polícia e uma câmera filmadora.

Gente ele é tão ousado (para não dizer sem noção) que praticamente enfia a câmera nos ferimentos das vítimas, entra nas cenas de crime e até arrasta uma vítima para ter melhor ângulo. No decorrer do filme, o que nos prende na tela é essa personalidade tão diferente, sua coragem de chantagear a gerente da emissora que compra suas imagens e até deixar morrer se parceiro de trabalho, um garoto que ele ilude com promessas de crescimento profissional.

Esse personagem é tão profundo e tão peculiar que leva a trama a momentos inacreditáveis em que questionamos que espécie de ser humano ele é.

Esse filme chegou para salvar o ano, inteligente, ousado e peculiar, ele conquistou. Antes dele só vi outro tão manipulador e bom, que foi Código de Conduta com Gerard Butler.



Sinopse do Filme:

Enfrentando dificuldades para conseguir um emprego formal, o jovem Louis Bloom (Jake Gyllenhaal) decide entrar no agitado submundo do jornalismo criminal independente de Los Angeles. A fórmula é correr atrás de crimes e acidentes chocantes, registrar tudo e vender a história para veículos interessados. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário ele é muito importante pra mim...
Abraços!
Graci Rocha