Entrevista com a autora e parceira do Blog Natália Moreno

Oii gente. Hoje vamos conhecer um pouco mais da escritora Natalia Moreno, minha nova parceria do Blog.
Prometo que, aos poucos vou apresentando mais das demais autoras e de suas obras.
Mas então vamos lá...

Que tal nós começarmos com você nos contando quem é? O que faz? Seus hobbies, etc?
R: Ok! Meu nome é Natalia Moreno, tenho 27 anos, casada, capricorniana, amante de livros, rock n' roll, animais e plantas. Sou formada em Letras e faço Pós Graduação em Literatura Inglesa. sou professora de português e inglesa e escritora nas horas vagas!

Como foi que você “descobriu a literatura”?
R: Não sei o exato momento. Lembro que quando eu era pequena eu gostava de ficar meu recreio na biblioteca da escola. Eu sempe lia o mesmo livro (era um sobre uma bruxinha, com poções, magias e tals). Sempre tive pouco incentivo de leitura, mas isso nunca me impediu de ler, de criar esse hábito. Na minha casa sempre teve gibis e conforme eu crescia conhecia outros gêneros...


Quando começou a escrever e o que a levou a querer ser uma escritora?
R: Sempre gostei muito de ler e um dia pensei: "por que não criar minhas próprias histórias?". Eu tinha um diário, mas achava muiot chato ficar escrevendo sobre meu dia então comecei a inventar histórias nele. Nunc amostrei pra ninguém. Só na faculdade que os professores começaram a ler as minhas produções, foi quando recebi incentivos de fazer oficinas de escrita. Tinha um sonho de ser escritora e parece que estou conseguindo alcançar. Pelo menos estou batalhando!


Qual a principal fonte de inspiração para você e seus escritos?
R: Acho que cada escritor que eu li foi um pouco de inspiração. Sempre que eu termino um livro eu penso: ""eu gostaria de ter escrito esse livro!". A inha inspiração vem do dia a dia. Gosto muito de observar e sempre crio uma história para as pessoas. Gosto de observar os detalhes das pessoas, apesar de não ser muito descritiva nas minhas histórias, mas acredito que cada gesto, cada olhar de qualquer pessoa transmite sentimentos e eu só preciso disso: sentimentos!


Quais os principais obstáculos com a profissão de escritora?
R: Acredito que é a falta de incentivo à leitura! E como professora posso afirmar que isso acontece. Já conheci muitas escolas com bibliotecas ou sala de leitura, como costumam chamar, fechadas para alunos não bagunçarem. Pode isso?! Livro é para
ser folhado, cheirado e, principalmente, LIDO. Não resolve nada termos editoras e lindos livros se eles não serão lidos. Infelizmente, no Brasil o preço dos livros é, quase sempre, alto e isso também é uma barreira e claro, as cópias sem autorização na internet. Não é fácil publicar e nem é barato, essa coisa de pirataria acaba prejudicando bem nosso trabalho.


Fale-nos de seu livro. Como ele surgiu e quanto tempo levou para escrevê-lo. E o que mais achar interessante sobre ele.
R: O "Quando eu me amar" é resultado de uma oficina de escrita que eu fiz. Ele foi feito em dois meses e confesso que foi bem dificil. Eu sempre escrevi contos/ crônicas e histórias curtas, para mim, são mais fáceis de concluir. Quando me dei o desafio de escrever um romance não esperava que fosse tão complicado. No início eu tinha toda a história na cabeça, mas conforme a história foi se desenolando eu acabei percebendo que eu não tinha domínio sobre ela. Era como se a Sofia (personagem principal) tivesse vida própria e tomasse, sozinha, o rumo da sua vida. Muitas vezes odiei ela por toda a bagunça que ela causa, mas acabei entendeo que aquilo era necessário.


Que outras obras você escreveu? 
R: Terminei de escrever "Do caos à esperança". É um livro bem diferente do "Quando eu me amar",mas que foi feito com o mesmo carinho! Eles está em fase das ultimas revisões para ir para a gráfica, a data prevista de lançamento é outubro.


Quais suas perspectivas e planos futuros para a literatura?
R: Hoje, não sei se é por eu estar envolvida nesse meio, mas vejo um maior interesse nos jovens pela leitura. Acredito que poderia ser maios, mas só o fato de já existir essa procura já me alegro. Eu espero que as pessoas entendam a importância de um livro, de tanto de riqueza que ele traz e das viagens que nos proporciona.


Próximos lançamentos:
R: "Do caos à esperança", um livro de contos.


Você estudou ou estuda algum material de apoio para criação dos livros?
R: Depende do assunto tratado. Sempre faço pesquisas em internet e livros para não escrever bobeira de algo que não tenha total domínio. Isso é uma dica para os novos escritores: pesquise, leia bastante! Informação é primordial!!


Passe uma mensagem para os seus leitores ou aspirantes a escritores.
Aos aspirantes a escritores: comecem. Não importa de onde: fim, meio ou começo. Estude, na dúvida se informe. o importante é começar e acreditar que você é capaz. Peça opiniões, mas cuidado. Se você escreve sobre a idade média não resolve em nada sua história ser lida por alguém que não sabe nada. Procure as pessoas certas, identifique o seu público.
Aos meus leitores eu só posso agradecer por todo o carinho que venho recebendo. Sem vocês as minhas histórias não existiriam!


Conheçam um pouco mais dessa história emocionante:


Quando eu me amar

Há escolhas que mudam toda a vida, e Sofia não sabe que caminho seguir. Ela está dividida entre um novo amor e uma paixão de infância que acredita ser o homem da sua vida. Quando os dois cruzam ao mesmo tempo o seu destino, o seu coração e a sua razão entram em conflito. Afinal, com quem vale a pena ficar? E como seguir em frente com toda a dor que traz do passado?

Nos links abaixo vocês conhecerão mais da autora e de suas obras.

Quando eu me amar: Aqui!

Do caos à esperança: Aqui!


Youtube: Aqui



Twitter: @moreno_nath


Blog: Aqui


Wattpad: Aqui



Issuu: Aqui

é isso, em breve a resenha desse livro que eu já devorei!!!

XXOO
Graci Rocha

13 comentários:

  1. Olha só, que bacana! Adorei conhecer a minha xará, muito querida! Sucesso sempre :-) Esperando sua resenha Graci!!

    Beijos
    Nati

    www.meninadelivro.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Natalia, então, essa parceria foi otima, a autora é super querida e caprichosa com o envio do livro. Adorei.
      Obrigada pela sua visita.

      Excluir
  2. oi Graci

    Gostei da entrevista, legal que a gente fica conhecendo muitos escritores.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Bell, então, e estou preparando mais três entrevistas rs
      bjs

      Excluir
  3. Adorei, fiquei morrendo de vontade de ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh se puder leia mesmo, vai gostar mto!

      Excluir
  4. Oien! Não conhecia a autora! Nem os livros! Valeu pela dica!
    Bjs,se puder comentar nessa resenha ajudará muito:
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/07/o-teste.html
    Nay =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou.
      Ah já vi a resenha e gostei mto tb
      bjs

      Excluir
  5. Adorei essa autora e o livro parece bem legal

    ResponderExcluir
  6. Ah que entrevista bacana!
    Adorei conhecer um pouco mais da autora e sem dúvidas meus parabéns pela história!
    Super beijos!
    http://penacomtinta.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que curtiu, essa autora é bem legal mesmo!

      Excluir
  7. Ela parece ser bem legal.
    Adorei a entrevista, muito simpatica e o livro parece bom.

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário ele é muito importante pra mim...
Abraços!
Graci Rocha